Agência ABEAR
Informações oficiais do setor aéreo; conteúdo pode ser reproduzido livremente pela mídia, mediante crédito para a fonte.

ABEAR colabora para a implementação de pousos e decolagens simultâneos no Aeroporto de Guarulhos

Aviões posam e decolam simultaneamente nas duas pistas do Aeroporto Internacional de Guarulhos

O Aeroporto Internacional de São Paulo (GRU Airport) iniciou nesta terça-feira as operações de pousos e decolagens de maneira simultânea em condições meteorológicas visuais. Batizado de Agile GRU, o procedimento foi desenvolvido em conjunto pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR), GRU Airport, Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e a Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, da sigla em inglês), com apoio da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). O objetivo é o de trazer maior eficiência no gerenciamento do tráfego aéreo e otimizar o trabalho dos controladores e tripulações que operam no aeroporto.

Benefícios

Participar de forma ativa do Projeto Agile GRU foi de extrema importância para a ABEAR, especialmente na assessoria técnica, por meio das empresas aéreas associadas. “Isso inclui a garantia da segurança operacional, assim como o apoio na elaboração de documentos e procedimentos de sustentação do projeto. Além disso, entendemos que o Agile está em seu início, com outras fases que poderão ser adicionadas em função do monitoramento e avaliação após a implantação, mas não temos dúvidas que trará muitos benefícios para a aviação nacional, como, por exemplo, maior fluidez ao tráfego aéreo do maior aeroporto da América do Sul”, afirma Ronaldo Jenkins, Diretor de Segurança e Operações de Voo da ABEAR. 

A operação Agile é muito mais do que decolar e pousar ao mesmo tempo. A operação, que dá independência às duas pistas, aumentará a capacidade de funcionamento do aeroporto, especialmente nos horários com maior movimento aéreo. “A expectativa é que os voos internacionais e domésticos ganhem agilidade operacional, resultando em menor tempo de espera em voo e no solo, redução do consumo de combustível e da emissão de CO², assim como operações mais previsíveis com melhoria da pontualidade das chegadas e partidas”, afirma Júlio Pereira, diretor assistente de Segurança Operacional da IATA.

Para o Diretor de Operações de GRU Airport, Comandante Miguel Dau, o Agile trará para o maior aeroporto da América do Sul a oportunidade de continuar com os processos de melhorias que, desde 2014, estão sendo feitas em Guarulhos. “O projeto, de fato, otimiza nossas operações e nos permite seguir investindo em infraestrutura para atender a demanda de passageiros. Em breve, por exemplo, teremos o sétimo pátio de aeronaves. Em 2020 já poderemos receber até 60 movimentos por hora, sendo que hoje esse número é de 55 por hora. Ou seja, traremos para o passageiro, mais fluidez, dinâmica, agilidade, sem esquecer, claro, da segurança”, afirma o comandante Dau.

Segurança e Capacitação

O Brigadeiro do Ar, Ary Rodrigues Bertolino, Chefe do Subdepartamento de Operações do DECEA, complementa. “Importante ressaltar que o Agile também otimizará o trabalho dos controladores e da tripulação, mantendo os mesmos níveis de segurança, uma das grandes marcas da aviação brasileira”, reforça.

Para esta etapa do projeto Agile, 227 controladores de voo foram treinados nos Laboratórios de Simulação do Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA), em São José dos Campos (SP), totalizando 4.820 horas de exercícios.

O treinamento foi praticado no Simulador de Torre de Controle 3D, contemplando vários cenários que retrataram diversas situações bem próximas ao controle de tráfego aéreo real “A equipe foi devidamente capacitada, por meio do método de simulação em tempo real, para que estivessem preparados para os novos procedimentos, garantindo a segurança das operações”, explica Marcus Vinicius do Amaral Gurgel, superintendente de gestão de navegação aérea da Infraero.

O Aeroporto Internacional de São Paulo foi o pioneiro no país a receber a operação segregada sob condições meteorológicas visuais. A partir do próximo ano, será implementado em outros estados, sempre com o trabalho em conjunto das entidades que colocaram em prática o Agile no GRU Airport.

Notícias Relacionadas

A ABEAR foi criada em 2012 pelas companhias AVIANCA, AZUL, GOL, TAM (hoje LATAM) e TRIP, com a missão de estimular o hábito de voar no Brasil. A entidade tem ainda mais seis associadas: Boeing, Bombardier, LATAM Cargo, MAP, Passaredo e TAP. Saiba mais
  • Av. Ibirapuera, 2332 - Conj. 22 - Torre Ibirapuera I
    Moema | 04028-002 | São Paulo | SP
    + 55 11 2369-6007
  • Av. Marechal Câmara, 160, Ed. Orly, 8º andar - sl. 832 |
    Centro | 20020-080 | Rio de Janeiro | RJ
    + 55 21 2532-6126
  • SAUS Quadra 1 - Bloco J , 10/20 - Edifício CNT - Sala 506
    70070-944 | Brasília | DF
    + 55 61 3225-5215